terça-feira, 12 de julho de 2011




Imagino que agora você não pense mais tanto em mim, como eu ainda penso em você. Mas acho que devo me libertar, te deixar partir, me permitir viver aproveitar muitos outros amores que ainda há de vir, você não foi o primeiro e nem será o ultimo só foi o mais intenso. Pena que era um sentimento de uma unica mão você nunca correspondeu meus sentimentos, só se fazia de ingenuo como se não soubesse o que eu sentia, mas as pessoas um dia se cansam e desistem daquilo que só as fazem sofrer. Agora garanto que te esqueci de verdade, só espero que não venhas sentir minha falta, porque já será/é tarde demais. Vou ser feliz comigo mesma, me amar, aprender a viver, e quer saber só em escrever isso já me sinto feliz, já me sinto livre.

Beijos!
Sabrina O.

Ps: Texto ficticio.

2 comentários:

  1. Que texto lindo! Mesmo sendo fictício devemos sempre nos amar acima de tudo.

    ResponderExcluir