domingo, 18 de setembro de 2011

Desabafo

  "Go and try to tear me down
                                          I will be rising for the ground
                                                                                            Like a skyscraper (8)"



Eu achei que aquele fim ia ser doloroso e que eu iria manter para sempre lembranças  felizes daquela amizade que tão pouco durou, mas que foi muito intensa, mas sabe o que me assusta a minha frieza em relação a isso, e a sua falta de consideração. Você esqueceu como se ouve as pessoas e que o mundo gira em torno do sol e não de você, que há outras opiniões além da sua. Era uma amizade egoísta, tudo que acontecia tinha que beneficiar você, e os outros que se ferrem. Sempre foi assim não lembra?
Lembra que você vivia com seus joguinhos: Hoje você tá bem comigo, amanhã estamos de "mal" sem eu saber o porque, aí choro peço desculpas e voltamos a nos falar e na próxima semana acontece o mesmo, só que do nada eu mudei, mudei de colégio mudei os status "relacionamento do orkut" e mudei minha visão das coisas, aí de novo aquela briguinha rotineira nossa, só que eu decidi falar a verdade, que eu cansei de ser marionete ou brinquedo de alguém, e que pra mim chega. E chorei, sofri, mas depois me curei e me ergui novamente e estou melhor do que nunca, estou completa. Sem nada faltando de mim, sem nenhuma dor, só alegria e com o coração limpo, limpíssimo. Estou muito bem, e sei que você também depois de você me esfregar na cara que estava tudo ótimo. Tudo certo pra mim também, estou vivendo bem feliz com quem gosta de mim de verdade e não só por momento.

Um comentário:

  1. muito bom, dar a volta por cima, esquecer, deixar passar, adorei :)

    ResponderExcluir